Desporto

DESPORTO


TÉCNICO RESPONSÁVEL - Sandro F. A. de Freitas

Voluntários - Adelino Jorge Miranda e Diogo Fernandes.

 

Pressupostos

       

 

A realização deste mesmo Programa não é meramente vista como uma ocupação dos tempos livres. Trata-se, também, de uma óptima oportunidade para captar os níveis de interesse, motivação, concentração, sociabilização e criatividade das crianças. Além disso, a realização deste programa proporciona um contraste com outras Actividades que pode favorecer a adaptação da criança a esta sua nova etapa.

O desenvolvimento físico da criança atinge estádios qualitativos que precedem o desenvolvimento cognitivo e social. Assim, a actividade física educativa oferece às crianças experiências concretas, necessárias às abstracções e operações cognitivas inscritas nos programas doutras 0ficinas, preparando-as para a sua abordagem ou aplicação.

Estas evidências justificam a importância crucial desta área como componente inalienável da Educação.

Os conteúdos programáticos asseguram, também, condições favoráveis ao desenvolvimento social da criança, principalmente pelas situações de interacção com os companheiros, inerentes aos processos de aprendizagem.

Um outro objectivo, num futuro próximo, é fazer com que as crianças se sintam capazes e motivadas para praticar modalidades que têm mais vocação de modo a implementar uma actividade física regular no seu dia-a-dia.

 

A IMPORTÂNCIA DO DESPORTO NA SAÚDE E EDUCAÇÃO

 

A palavra desporto tem um significado muito mais vasto, o que faz com que tenha várias vertentes. Devemos dar relevância à contribuição deste para melhorar e preservar a saúde de todos os cidadãos, ao proporcionar uma ocupação saudável dos tempos livres, de forma a compensar as dificuldades da vida quotidiana. Para além de tudo isto, o desporto educa o homem na conquista do esforço, do empenho, do sacrifício, da generosidade, da busca de valores mais elevados, da superação de limites, da aposta numa vida pautada por valores e objectivos.

Nos dias de hoje parece indiscutível o contributo do desporto regular no bem-estar físico, psíquico e social das populações, através da criação de hábitos de um estilo de vida activo.

A saúde é hoje um dos maiores problemas existentes na sociedade, não só no campo restrito da doença, mas também na conjuntura de natureza social e nos actos de promoção da mesma.

 Neste campo da saúde é necessário o respeito pela natureza, pela melhoria das condições sociais e pelo aperfeiçoamento dos estilos de vida que cada indivíduo assume, que de certa forma influenciarão os que o rodeiam. É aqui que a actividade física e desportiva assume um papel determinante, sobretudo se considerarmos os processos da sociedade que fizeram diminuir drasticamente a contribuição do esforço físico no quotidiano. A actividade desportiva é um meio importante que contribui para o crescimento e desenvolvimento dos indivíduos e também para a aquisição e manutenção do bem-estar.

Objectivos Gerais

  • Fomentar o desporto na população jovem;
  • Transmitir a importância da actividade física nos dias de hoje;
  • Proporcionar às crianças uma maior disponibilidade de meios à prática desportiva tendo em vista a melhoria da qualidade de vida;
  • Realizar acções de formação para o aumento da cultura desportiva;
  • Promover e organizar actividades ao ar livre, de forma a proporcionar convívio e entretenimento;
  • Desenvolver nas crianças um conjunto de hábitos desportivos;
  • Preencher os tempos livres das crianças, através de programas dinamizadores que levem a aumentar a motivação para a prática desportiva;
  • Oportunidade de conhecer profissionais da Área e suas condições de trabalho;

·         Promover o desenvolvimento integral das crianças;

·         Estimular o trabalho em equipa das crianças;

Contribuir para uma maior motivação dos docentes, assegurando o empenhamento e a responsabilização necessários.

Principais Actividades na Área do Desporto

A intervenção da Associação nas várias Casas de Acolhimento iniciou-se em Fevereiro tendo como término o final de Julho, devido à grande saída das crianças nas Instituições para os respectivos lares familiares. Esta pausa deu-se em dois meses (Agosto e Setembro) e terá o seu reinício no início de Outubro.

As aulas estão programadas para noventa minutos, mas normalmente atingem entre os 110 a 120 minutos devido ao enorme incentivo das crianças.

As Casas de Acolhimento onde estão implementadas as aulas de desporto:

Patronato Nossa Senhora das Dores

 

É a que apresenta as melhores condições para a prática de desporto. Na própria Casa apresenta uma área para a prática somente de jogos tradicionais, mas mesmo ao lado, encontra-se a Escola de São Filipe que já dispõe de um campo com balizas de futebol/andebol e cestos de basquetebol.

Este grupo é constituído por onze crianças (mas fica sujeito a mais participações, devido ao facto de existirem crianças na condição de semi-internato), com idades compreendidas entre os sete e os dezoito anos.

No grupo apresentam-se personalidades distintas o que, por vezes, prejudica o bom funcionamento da aula. Uma pequena minoria apresenta, ainda, algumas falhas a nível do respeito para com os colegas.

É com grande agrado que se verifica um melhoramento significativo no entrosamento a nível de interacção com os colegas do Abrigo Nossa Senhora da Conceição. No entanto, todas as actividades propostas são recebidas com entusiasmo.

 

É realizada uma sessão por semana nesta instituição. As actividades predominantes com este grupo são: jogos tradicionais, futebol, basquetebol e ainda, realizou-se duas actividades outdoor: “O dia mundial da árvore” e o Evento «VIVA O DESPORTO», ambas no Parque Ecológico do Funchal. Estando previsto uma ida ao Aquapark e o Evento ECOAVENTURA no mês de Outubro.

 

Abrigo Nossa Senhora da Conceição

 

Nesta Casa de Acolhimento não é possível encontrar um campo de maneira a criar as condições mínimas para a prática de desporto. No entanto, as crianças são transportadas para o Patronato Nossa Senhora das Dores para terem a oportunidade, junto das crianças locais, de participarem nas sessões desportivas. Este grupo é constituído por onze crianças com idades entendidas entre os sete e dezoito anos. Das quais nove são do sexo feminino e as demais do sexo masculino. Pode-se afirmar que se trata do grupo mais forte, tanto ao nível psicológico como atlético. É um grupo persistente e revela interesse nas actividades propostas.

 

Normalmente realiza-se uma sessão semanal com esta instituição. As actividades predominantes com este grupo são as mesmas que o Patronato Nossa Senhora das Dores.

 

Fundação Cecília Zino

 

Esta Casa de Acolhimento apresenta condições para a prática de basquetebol, futebol, voleibol e dança.

 

Estando inseridas catorze crianças com idades compreendidas entre os seis e os doze anos. Este grupo, composto unicamente por elementos do sexo feminino, é regular, muito participativo e reage de maneira muito positiva às actividades propostas, revelando o seu interesse pelas mesmas.

 

É realizada uma sessão por mês nesta instituição, uma vez que as crianças estão envolvidas no Projecto de Dança com a voluntária Fabiana Gonçalves e têm três sessões mensais (Sábados à tarde – 15h).

 

As actividades predominantes com este grupo são: jogos tradicionais, futebol, basquetebol, dança e ainda as actividades outdoor: “O dia mundial da árvore” o Evento «VIVA O DESPORTO», ambas no Parque Ecológico do Funchal. Estando previsto uma ida ao Aquapark.

 

Basquetebol

 

«Foi das actividades mais praticada em todas as Instituições, visto todas elas terem condições para a prática da mesma»

 

Foi testada a velocidade, agilidade e impulsões verticais/horizontais das crianças;

Foram aplicados exercícios técnicos, tais como:

- Pega na bola;

- Posição básica ofensiva;

- Paragens;

- Rotações;

- Mudanças de Direcção;

- Passe de Peito Picado e Directo, Passo de Ombro com uma mão e Passe Lateral ou de Gancho;

- Recepção;

- Drible;

- Drible de Protecção;

- Mudança de Direcção do Drible;

- Lançamento na Passada e em Suspensão;

 - Deslizamento Defensivo.

 

Andebol

«Foi possível apenas no Patronato Nossa Senhora das Dores, porque esta detém balizas de dimensão de futebol de 5.»

 

Foram aplicados exercícios técnicos, tais como:

                  - Drible;

                  - Recepção;

                  - Remate em salto;

                  - Remate em apoio;

                  - Remate em suspensão;

                  - Passe de Ombro;

                  - Passe de Pulso;

                 - Passe Picado;

- Mudança de Direcção do Drible;

- Posição básica ofensiva/defensiva.

 

Futebol

«Outra das actividades mais praticadas, visto ser uma das modalidades mais acarinhadas pelas crianças.»

 

Foram aplicados exercícios técnicos, tais como:

                  - Drible;

                  - Recepção;

                  - Passe curto/longo;

- Mudança de Direcção do Drible;

- Posição básica ofensiva/defensiva;

                  - Situações de Ataque/Defesa;

                  - Remate em jeito/colocado;

                  - Remate em força;

                  - Posicionamento sem bola.

 


Outras Actividades

 

Foram realizadas, até ao momento, duas actividades outdoor na Área do Desporto.

 

A visita ao Parque Ecológico do Funchal no dia “Mundial da Árvore” reuniu cerca de 38 crianças das três Instituições (o Abrigo Nossa Senhora da Conceição, a Fundação Cecília Zino e o Patronato Nossa Senhora das Dores - S. Filipe) com as quais a Área do Desporto colaborou até ao momento.

A visita proporcionou às crianças o conhecimento das Instalações no Parque, assistir a um mini-fórum “Dia da Árvore” e ainda plantar algumas árvores numa das zonas protegidas do Parque.

 

No princípio do mês de Julho, iniciou-se a principal actividade anual outdoor da Oficina: «VIVA O DESPORTO», e tem como princípio a participação de todas as crianças (40) que abraçaram esta área. O «VIVA O DESPORTO» teve como local na sua primeira edição no Parque Ecológico do Funchal, na Ribeira das Cales.

 

No período depois do almoço até ao final da tarde, as crianças conviveram e divertiram-se com a realização de jogos radicais (slide e paralelas), arco e flecha, prova de orientação e ainda houve um passeio de burro a cada participante.

 

Em construção estão as actividades: a de Verão, o Aquapark - em Santa Cruz. Bem como, o ECOAVENTURA que baseia-se num acantonamento numa das casas do Parque Ecológico do Funchal e ajudar os colaboradores do Parque.

 

As actividades realizar-se-ão até o final de Julho e no mês de Outubro, respectivamente. Relativamente aos Jogos Tradicionais, foram realizados vários jogos no início de cada aula.